Para Ela

Leitura Bíblica: Efésios 5:22-33
Maridos, amai vossa mulher, como também Cristo amou a igreja e a si mesmo se entregou por ela. v.25

Quando fez uma cirurgia odontológica, minha esposa não pôde fazer as tarefas rotineiras no final de semana. Enquanto ela estava se recuperando, tive a difícil tarefa de cuidar dela e dos filhos. Cozinhei, lavei louça, fui diversas vezes ao supermercado e dei banho nas crianças. Quando vi tudo o que tinha feito, pensei comigo mesmo: mereço um crédito extra e o mesmo tratamento quando ela melhorar. Todavia, antes de dar palmadinhas nas minhas costas, o Espírito Santo lembrou-me de que isso que eu estava fazendo era o privilégio e obrigação  de um marido cristão.

No tempo do apóstolo Paulo, muitos criam que as necessidades dos maridos eram mais importantes numa casa, e a esposa existia para supri-las e servir o homem. Mas o ponto de vista cristão era bem diferente. As mulheres foram vistas como pessoas de mesmo valor. A esposa foi transformada de acessório à pessoa de valor intrínseco, tornando-se a preocupação de seu marido. Em vez de exigir que ela vivesse para ele, ele é que devia servi-la!

A carta aos Efésios 5:25 retrata Cristo como aquele que amou a igreja e deu-se a si mesmo por ela. E o versículo 29 indica que Jesus a alimenta e cuida dela. Como esposos que buscam a semelhança de Cristo, eles têm o privilégio e a obrigação de se sacrificar, prover o necessário e cuidar de suas esposas.

  • Enumere outros privilégios dos cônjuges cristãos nos comentários.

Se você acha possível amar sua esposa demais, provavelmente ainda não a amou o suficiente.

Deixe um comentário