Não Sou Mais Jovem

Leitura Bíblica: Salmo 37:23-31
Pois o Senhor ama a justiça e não desampara os seus santos; serão preservados para sempre…v28

Recentemente, ao sair de uma loja, ouvi o homem que havia me atendido sussurrar: “Ele me chamou de ‘tio’, mas com certeza é mais velho do que eu”. Desde a infância, a cultura chinesa me ensinou que faz parte da boa educação dizer: “Obrigado, tio!”, por alguma ajuda recebida de alguém mais velho.

Esta educação foi de grande valia para mim — mas agora devo refletir antes de usar esta expressão. O espelho confirma aos meus olhos, que já não sou mais a pessoa jovem da qual me lembro.

Ser jovem tem muitas vantagens, mas  a idade traz em si a alegria em refletir sobre a fidelidade de Deus. Davi lembra-nos no Salmo 37: “Fui moço e já, agora, sou velho, porém jamais vi o justo desamparado, nem a sua descendência a mendigar o pão” (v.25).

Hoje, mais idoso, reflito e penso como pude ter achado que um dia Deus me abandonou. Sim, Ele permitiu que eu enfrentasse o que pareciam ser dificuldades insuportáveis — mas sei que foi somente para me moldar. Deus sempre me preservou, e ao tropeçar, sei que o Senhor me toma pela mão (v.24).

Como a idade que aumenta dia a dia, podemos crescer na gratidão pelas misericórdias de Deus. Acima de tudo, somos gratos porque Ele coloca o amor por Sua lei em nossos corações, e guarda os nossos pés para não pisarmos em falso.

  • A fidelidade de Deus, através dos anos, o motiva a louvá-lo diariamente?

À medida que os anos passam, a fidelidade de Deus parece se multiplicar.

One Response

  1. Aldir Maria da Costa

Deixe um comentário